Páginas

domingo, 13 de dezembro de 2015

Missas e Procissão marcaram o dia de Santa Luzia

A Paróquia Santa Luzia teve o ápice da festa de sua padroeira neste domingo dia 13 de dezembro. A programação foi aberta às 06h00 da manhã com a missa pelos santaluzienses falecidos e pelos doentes. A missa foi presidida pelo Padre Elias Ramalho e concelebrada pelo padre Sebastião Nóbrega.

Às 9h30 teve início a segunda celebração eucarística que foi presidida pelo Bispo da Diocese de Patos, Dom Eraldo Silva, e concelebrada pelos Padres Elias Ramalho, Bento Oliveira, João Evangelista, Jorge e Pe. Joácio Nóbrega.

O Bispo lembrou que estávamos celebrando a liturgia do 3º domingo do advento, o domingo da alegria. "Alegrai-vos! Não tenha medo, povo de Deus, levante a cabeça e tenha ânimo" disse o bispo ao falar sobre as situações do mundo atual que causam tristeza, depressão e desânimo nas pessoas. Lembrando o profeta João Batista, o Dom Eraldo afirmou que está na hora de fazermos uma avaliação da nossa vida e, à luz da palavra de Deus, pensarmos sobre o que precisa mudar em nossa vida.

A celebração continuou com o cântico da ladainha de Santa Luzia seguido da liturgia eucarística. No final da celebração, a assembleia agradeceu com uma estrondante salva de palmas dirigida ao senhor bispo que veio presidir a missa solene. Formando um grande coro, os participantes entoaram o hino da padroeira e depois receberam a bênção solene.


Uma das maiores procissões dos últimos anos

No período da tarde o largo da Matriz esteve superlotado de fiéis que aguardavam a saída da imagem da padroeira que percorreu as principais avenidas da cidade. Aproximadamente 25mil pessoas acompanharam a grande procissão que culminou com a última missa que foi celebrada em frente à Igreja.

Após a missa foi feito o arreamento das bandeiras oficializando o fim da Festa de Santa Luzia. Uma queima de fogos coloriu o céu emocionando os fiéis que se despediram da  festa de sua padroeira.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário