Páginas

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Missa de encerramento do Jubileu Extraordinário da Misericórdia será celebrada próximo domingo em Santa Luzia

No próximo domingo, dia 13 de novembro de 2016, às 8h da manhã, na Igreja Matriz de Santa Luzia ,será celebrada a missa que marcará o encerramento deste Ano Santo da Misericórdia na Paróquia.

O fechamento das Portas Santas nas Catedrais e Basílicas, por sua vez, ocorrerá no dia 20 de Novembro, na solenidade de Cristo Rei, que marcará oficialmente o encerramento do Ano Santo e a abertura de um novo ano litúrgico.

O Papa Francisco anunciou o Jubileu do Ano Santo da Misericórdia por meio da Bula de Proclamação Misericordiae Vultus (O Rosto da Misericórdia) no dia 08 de dezembro do ano passado. A celebração do Jubileu se origina no judaísmo, especificamente, de uma tradição de comorar, a cada 50 anos, uma grande festa em que escravos eram libertados, restituíam-se as propriedades às pessoas que as haviam perdido, perdoavam-se as dívidas, as terras deviam permanecer sem cultivar e se descansava. Era um ano de reconciliação geral. Na Bíblia, encontramos algumas passagens dessa celebração judaica (cf. Lv 25,8).

Ao convocar este Jubileu, em caráter extraordinário, o Papa Francisco convidou os cristãos a vivenciarem uma experiência diferente, sobretudo, em relação às seguintes práticas: 

    Realizar peregrinações;
    Praticar as obras de misericórdia;
    Intensificar a oração;
    Passar pela Porta Santa em Roma ou na Diocese;
    Perdoar a todos;
    Buscar o Sacramento da Reconciliação;
    Superar a corrupção;
    Receber a indulgência;
    Participar da Eucaristia;
    Fortalecer o ecumenismo;
    Converter-se.

Tais recomendações, embora feitas por ocasião do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, não devem ser tomadas como passageiras, mas como práticas cotianas que fazem parte do ser cristão e do viver em comunidade de fé.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário