Páginas

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Paróquia iniciou ontem as comemorações do centenário das aparições de Nossa Senhora aos pastorinhos

Festa Nsa.Sra. de Fátima/Arquivo
Foram iniciadas na noite de ontem, 16 de janeiro, durante a novena de São Sebastião naquela comunidade, as atividades alusivas aos 100 das aparições de Nossa Senhora Fátima aos três pastorinhos, em Portugal.

Na Paróquia Santa Luzia, os missionários da comunidade Nossa Senhora de Fátima são os responsáveis pela organização da programação. A comunidade São Sebastião foi a primeira a receber dos missionários uma imagem da Santa para, a partir de hoje, começar uma peregrinação por todas casas do bairro com o objetivo de rezar o Santo Terço conforme Nossa Senhora pediu aos pastorinhos.

A proposta é que cada setor missionário, rural e urbano, receba uma imagem de Nossa Senhora e possa fazer as visitações e rezar o Terço. Os missionários que organizam a programação estão recebendo doações de imagens de Nossa Senhora de Fátima para garantir que cada comunidade tenha uma.

De acordo com as organizadoras, até o dia 13 de maio todas as comunidades rurais e urbanas de Santa Luzia terão realizado esta grande ação missionária para marcar a comunhão com a Igreja do mundo que celebra este grande acontecimento e com a Igreja particular do Brasil que está celebrando o Ano Mariano.


COMO FOI A APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
A comemoração do centenário remete ao ano de 1917, quando três pequenos pastores – os irmãos Francisco e Jacinta e Lúcia, prima dos dois – afirmaram ver a imagem de Nossa Senhora na Cova da Iria, local a 2,5 quilômetros da cidade de Fátima.

Lúcia de Jesus, de 10 anos, e seus primos Francisco e Jacinta Marto, de 9 e 7 anos, respectivamente, saíram de casa após rezar o terço para brincar nas imediações, onde construíam uma pequena casa de pedras.

Enquanto mexiam nas pedras, viram uma luz brilhante, parecida com um relâmpago. Decidiram ir embora, mas foram surpreendidos por outro clarão, que logo se transformou em uma senhora segurando um terço branco.

A Senhora disse as pastorinhos que era preciso rezar muito, convidando-os a voltar ao local durante cinco meses consecutivos, sempre no dia 13, no mesmo horário.
Elas então voltaram e, nos dias 13 de junho, julho, setembro e outubro, a Senhora apareceu novamente. No dia 19 de agosto, a aparição aconteceu em outro local.

Na última aparição, ocorrida no dia 13 de outubro, a Senhora apareceu para as crianças e um grupo de 70.000 pessoas. Ela afirmou ser a “Senhora do Rosário” e então pediu que ali fosse construída uma capela em sua honra.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário