Páginas

domingo, 9 de abril de 2017

Domingo de Ramos abriu a programação da Semana Santa em Santa Luzia. Saiba como foi.

Centenas de fieis se concentraram em frente à Igreja de São José Operário na manhã deste domingo, 09 de abril de 2017, para celebração de Ramos que abriu a programação da Semana Santa.

A celebração foi presidida pelo padre Elias Ramalho Gomes. Após a abertura foi feita a leitura do Evangelho que narrou a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Após a proclamação, a multidão seguiu em procissão pela Avenida José Américo, ao som de cânticos  e com orações, até a Igreja Matriz onde deu-se sequência a celebração.

Somente no Domingo de Ramos e na Sexta Feira Santa se proclama o Evangelho que narra a condenação e morte de Jesus Cristo, o que aconteceu já na Igreja Matriz.

Em sua reflexão padre Elias ressaltou a acolhida a Jesus em Jerusalém feita pelas pessoas pobres, por aqueles em cujo coração não habitava arrogância e "ensenhoramento". Jesus havia sido proibido pelas autoridades, mas fora permitido a entrar em Jerusalém por aqueles que não tinham autoridade diante dos homens, mas tinham perante Deus. Eram aqueles que acompanharam Jesus desde a Galiléia até Jerusalém ao longo de três anos de caminhada. Padre Elias  também destacou que as razões que levaram Jesus à condenação estavam relacionadas ao conteúdo da sua mensagem que pregava a igualdade, num contexto de extrema desigualdade, que todos eram filhos de Deus. 

"Jesus veio estabelecer uma nova ordem a nova ordem é constituída a partir do mandamento do amor e não a partir das leis injustas de ontem e de hoje. Jesus é subversivo mesmo! ele subverte a ordem constuída porque a ordem constituída era de exclusão social era de privilegio dos grandes e poderosos com é hoje o mundo ainda em razão da exploração e da morte dos pobres". Ressaltou o padre. 

A celebração prosseguiu com a profissão de fé, canto do ofertório que, neste domingo, foi destinado a Coleta da Campanha da Fraternidade e comunhão.

A programação da Semana Santa 2017 continua com a celebração eucarística na noite deste domingo. 

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário